O poder do pecado

0

Ei, pessoal! Mais uma tirinha para a gente pensar e extrair algum aprendizado. Nesta semana, quando a Lição fala sobre o poder do pecado, eu pergunto: Você peca? Bem, imagino que você deve estar pensando que esta pergunta não faz o menor sentido, afinal de contas “todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Romanos 3:23). Mas se é assim por que somos tão tardios em confessar nossos pecados, mas tão apressados em catalogar os pecados dos outros? Por que pedimos perdão a Deus de modo genérico em vez de realmente explicitar cada pecado que nos afasta da Sua vontade? Se eu e você não entendermos quão pecadores somos, continuaremos achando que a graça de Jesus é boa apenas para os outros.

Acharemos que somente o “mundo” precisa de Jesus e nos esqueceremos de que até que Ele volte para nos glorificar, todos os dias teremos algo a confessar; todos os dias teremos algo a entregar a Jesus. O caminho da santificação passa pelo caminho da entrega diária de quem somos para que sejamos o que Deus pode fazer por nós. É disso que a tirinha está falando: o sujo olha com o nariz empinado para o mal lavado e vice-versa. E isso caracteriza a hipocrisia! 

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Jornalista, editora da ComTexto. Mestre em ciência e pós-graduada em Teologia

Deixe um comentário