Lição 9 – E quanto a Israel?

0

O que é ser um verdadeiro cristão? Se pensou em aspectos exteriores como roupa, alimentos, estilo de vida, etc., convido você a descer uma camada neste assunto e a pensar de modo um pouco mais profundo. Obviamente que roupa, alimentos, estilo de vida, etc. são coisas importantes e fazem parte do dia a dia do cristão, mas não como essência de sua religião – assim como uma macieira não produz maçãs para provar que é macieira, mas porque simplesmente é macieira. O cristão verdadeiro e guiado pelo Espírito Santo naturalmente expressará no exterior o quem vai no coração, não para provar algo para alguém, mas porque isso faz parte da vida dele.

A essência do cristianismo é Cristo, obviamente. Portanto, o verdadeiro cristão é aquele que anda com Cristo e procura imitar o exemplo do Salvador. O verdadeiro cristão foi salvo pelos méritos do Messias-Deus e sabe que não tem mérito algum quando o assunto é salvação. O verdadeiro cristão aceita a justiça de Cristo e clama por poder para prosseguir em uma caminhada de santificação. O verdadeiro cristão é um filho de Deus, adotado na família divina.

De modo semelhante, não bastava aos israelitas do passado terem sangue abraâmico correndo nas veias, usarem roupas com franjas ou celebrarem a Páscoa todos os anos. Ser povo de Deus é algo que extrapola a genética ou qualquer outro tipo de diferença entre os humanos. Ser povo de Deus é ser… de Deus.

Por isso Paulo foi claro em dizer que “o fim [finalidade]da lei é Cristo” (Rm 10:4). O objetivo de todas as instruções de Deus, de toda a verdade revelada por meio dos profetas sempre foi e é o de conduzir as pessoas a Jesus. Uma vez que elas tenham um encontro com Ele, passam a ser verdadeiras israelitas, verdadeiras cristãs, verdadeiras cidadãs do Reino eterno.

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Pastor, jornalista, editor da revista Vida e Saúde e editor associado da ComTexto

Deixe um comentário