Lição 7 – Conhecer não é o suficiente

1

A tirinha desta semana vem reforçar o fato de que o livro de Tiago é mais desafiador do que a gente poderia imaginar. Pensávamos num livro pequeno com conselhos que ouvimos desde crianças. Porém, a lição colocou uma lupa sobre conceitos, sim, já conhecidos, contudo, abordados de uma forma que nos faz pensar um pouco mais além.

Tiago nos propõe ser cristãos para valer, e isso, inevitavelmente, se revela no dia a dia, no estilo de vida que adotamos. Nesta semana, ele vem nos perguntar (esperando uma resposta sincera) se, quando vamos tomar decisões ou fazer escolhas, realmente clamamos por sabedoria. O surpreendente é que ele recomenda que assim façamos porque Deus tem prazer em nos tornar sábios.

Não seria certa arrogância da nossa parte sair por aí, a torto e a direito, agindo pela própria vontade, sem considerar o “Assim diz o Senhor”? Precisamos entender que a sabedoria está na Palavra de Deus, bem como no conselho daqueles que nos amam, na ciência daquilo que está envolvido, e especialmente nas impressões que o Espírito Santo nos dá.

Quem nunca ouviu aquela “voz” no ouvido indicando o que fazer? Sim. Deus é tão bom que nos ajuda nas pequenas e grandes coisas que envolvem nossa vida. Poderia ajudar muito mais se tão-somente pedíssemos. O que você acha de a partir de agora separar um pouco mais de tempo para ouvir a voz de Deus?

Não descanse enquanto não for abençoado com a sabedoria do alto. Não finja surdez quando Deus está sendo claro quanto ao proceder que o jovem cristão deve ter. Não atribua a Deus aquilo que é meramente a sua vontade.

Sejamos humildes. Sejamos honestos. Sejamos, então, verdadeiramente livres.

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Jornalista, editora da ComTexto. Mestre em ciência e pós-graduada em Teologia

1 comentário

Deixe um comentário