Lição 3 – Dois Presentes

0

Um grande erro que alguns cristãos comentem é achar que o casamento resolve todos os problemas da vida ou aplaca todas as tentações. Não é bem assim. O casamento é uma dádiva concedida por Deus desde o Éden, porém, nem mesmo lá ele foi capaz de impedir o pecado.

Casamento é coisa séria! A influência que sofremos numa relação tão íntima, bem como o modo como influenciamos o cônjuge, é muito maior do que imaginamos. Além disso, o casamento não se restringe a romance. Há muitos desafios para vencer, agora não mais por conta própria, mas em parceria. É por isso que escolhas ruins comprometem nossa vida útil em favor de nós mesmos, da família, da sociedade e do próximo.

Algumas pessoas tendem a crer que só conseguirão ser completas quando se casarem, mas se esquecem de que toda empreitada exige responsabilidade. Nem sempre falta no outro, você também precisa ter o que oferecer a fim de que a relação a dois prospere. Não queremos ser sobrecarregados, mas também não devemos sobrecarregar a ninguém.
Uma pessoa realmente honesta dirá que após o casamento, ela percebeu que precisa muito mais de Deus do que pensava.

Então, isso significa que se manter solteiro é mais fácil?
Depende. Algumas pessoas devem mesmo se manter solteiras e não há problema nenhum nisso. Do ponto de vista bíblico, não existe a obrigatoriedade de sair à caça da “outra metade da laranja”. O próprio Jesus não Se casou. Contudo, há também um preço a se pagar ao optar por permanecer solteiro.

E é possível se manter solteiro pelo motivo errado? Sim. Há quem pense, equivocadamente, que o primeiro passo para uma vida santificada é estar solteiro. Há também quem não se case porque não acredita no projeto da família; há quem seja somente egoísta e não esteja disposto a se doar; há pessoas que adoram se apaixonar e, por isso, de tempo em tempo trocam de relacionamento para sentir a emoção de uma nova paixão. As motivações para se manter solteiro, ainda mais nos dias de hoje, podem variar e muito.

E aí, ser solteiro é mais fácil ou mais difícil para o cristão? E ser casado é mais fácil ou mais difícil para o cristão?

Felizmente, o que importa é que, quando se trata de missão, Deus usa a solteiros e a casados, de acordo com as possibilidades de cada um. Mais profunda do que nosso estado civil deve ser nossa disposição para o discipulado.

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Jornalista, editora da ComTexto. Mestre em ciência e pós-graduada em Teologia

Deixe um comentário