Lição 13 – Somos uma família

0

A lição COMtexto Bíblico desta semana enfatiza a importância da unidade da família na fé, a igreja. Jesus orou por isso em João 17 e há muitos apelos bíblicos para que promovamos a unidade na diversidade; para que a igreja seja verdadeiramente o corpo de Cristo – cada crente uma parte diferente, mas essencial nesse corpo.

Dada a importância do assunto, a advertência de Paulo em Romanos 16:17-20 se torna perfeitamente compreensível: “Irmãos, peço que notem bem aqueles que provocam divisões e escândalos, em desacordo com a doutrina que vocês aprenderam. Afastem-se deles, porque esses tais não servem a Cristo, nosso Senhor, e sim a seu próprio ventre. Com suaves palavras e lisonjas, enganam o coração das pessoas simples. Pois a obediência de vocês é conhecida por todos; por isso, me alegro por causa de vocês. Quero que sejam sábios no que diz respeito ao bem e simples no que diz respeito ao mal. E o Deus da paz, em breve, esmagará Satanás debaixo dos pés de vocês. A graça de nosso Senhor Jesus esteja com vocês.”

Vamos dissecar o texto?

  1. Não ignoremos os causadores de divisão e de escândalos entre o povo de Deus, tampouco demos visibilidade aos esforços desagregadores deles. Se identificar algum pregador ou influenciador tentando desunir a igreja ou pregando mensagens em desacordo com a sã doutrina, deixe que ele fale ao vento. Procure matar sua sede em fontes de águas limpas, não contaminadas por heresias e dissensões.
  2. Os pregadores da discórdia e promotores de escândalos na verdade não querem o bem da igreja, mas tão-somente servir ao seu ventre, ou seja, seus interesses egoístas.
  3. Os lobos vestidos de ovelha que procuram sempre desunir a igreja nunca se mostram como verdadeiramente são. Eles usam palavras lisonjeiras e dissimuladas. Escondem seus verdadeiros intentos, e acabam, com isso, enganando as “pessoas simples”. Por isso precisamos ser sábios e pedir a Deus que nos dê discernimento espiritual e maturidade cristã para fugir desses instrumentos de Satanás e continuar caminhando com o povo de Deus, unidos na doutrina, na fé e na esperança.

A igreja de Deus não é perfeita, pois é formada por pessoas imperfeitas, mas a Palavra de Deus que serve de fundamento para essa igreja é perfeita e infalível. Portanto, estudemos e vivamos a Palavra todos os dias, sendo, assim, promotores de união e não de divisão entre o povo de Deus – esse povo que está marchando para o Céu; a igreja militante que em breve triunfará e derrotará pelo poder de Deus todos os elementos contrários a ela.

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Pastor, jornalista, editor da revista Vida e Saúde e editor associado da ComTexto

Deixe um comentário