Lição 11 – Uma vida de amor

0

Nem sempre é fácil nos submetermos à soberania de Deus. Nem sempre é fácil nos lembrarmos de que Ele conduz os intrincados rumos da história. Nada do que acontece neste planeta escapa aos olhos perscrutadores do Criador (na verdade, ele sustenta todos os átomos do Universo!). No capítulo 13 de sua carta aos Romanos, o apóstolo Paulo nos orienta a ser bons cidadãos e a nos submeter às autoridades constituídas. Claro que, quando analisamos esse capítulo à luz de outras orientações do próprio Paulo e de outros autores inspirados, percebemos que o apóstolo acabou sendo preso por se negar a deixar de pregar o evangelho. Aí entra em cena a orientação de Atos 5:29: “É mais importante obedecer a Deus do que aos homens.” Devemos ser submissos às autoridades constituídas e leais às leis do Estado enquanto elas não nos obriguem a transgredir as leis de Deus. Aí não podemos vacilar na decisão.

Há um exemplo interessante na história do adventismo. A pioneira Ellen White propôs uma espécie de desobediência civil em uma época em que o governo estava legislando em favor da escravatura. Para Ellen, todos os seres humanos são iguais diante de Deus e têm direito à liberdade. Assim, o amor a Deus e ao próximo constitui o resumo da lei divina e está acima de tudo, inclusive das leis humanas, quando estas nos levarem a transgredir aquela.

O capítulo termina com uma breve reflexão paulina a respeito do tipo de vida que devemos viver enquanto aguardamos a volta de Jesus. “Deixemos, pois, as obras das trevas e revistamo-nos das armas da luz. Vivamos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedeiras, não em imoralidades e libertinagem, não em discórdia e ciúmes. Mas revistam-se do Senhor Jesus Cristo e não façam nada que venha a satisfazer os desenhos da carne” (v. 12-14).

Resumo do capítulo: sujeitemo-nos às autoridades humanas o quanto for possível, amemos a Deus e ao próximo, e vivamos de maneira santa como quem um dia viverá na presença dos santos anjos e do Criador.

Compartilhar.

Sobre o autor

Avatar

Pastor, jornalista, editor da revista Vida e Saúde e editor associado da ComTexto

Deixe um comentário